Projectos

Responsabilidade Social

Associação Coração Delta

O Coração Delta, a associação de solidariedade social do Grupo Nabeiro, foi criado com o objectivo de desenvolver projectos nas comunidades nomeadamente projectos de voluntariado e de apoio social. São seus associados, as empresas do Grupo Nabeiro e os seus colaboradores.
Actualmente, a Associação Coração Delta criou várias valências e serviços necessários ao desenvolvimento das comunidades, tais como Centro Educativo Alice Nabeiro, intervenção precoce, serviço de apoio a crianças e jovens, voluntariado e projectos ambientais e de cidadania.

Centro Educativo Alice Nabeiro

O Centro Educativo Alice Nabeiro, inaugurado em 2007, aposta na formação integrada e alargada das crianças através de projectos e experiencias inovadoras, desenvolvendo nas mesmas o espírito empreendedor. Este projecto educativo tem como base a importância que as crianças assumem na construção de um futuro mais justo.
O Centro Educativo Alice Nabeiro tem por finalidade contribuir para que seja facultado às crianças e jovens das comunidades um programa educativo-cultural integral que cubra a totalidade do leque de necessidades de formação e vectores vocacionais do universo de educandos a que se dirige. Este espaço, com capacidade para 115 crianças dos 3 aos 12 anos, visa criar na próxima geração um leque de futuros empreendedores responsáveis. Para além do mais, a criação do centro potencializa o equilíbrio da vida familiar e profissional dos colaboradores do Grupo Nabeiro.

Manual de Empreendedorismo

O Manual de Empreendorismo – Ter ideias para Mudar o Mundo foi elaborado em 2008 pelo CEAN, e surge da preocupação do Grupo Nabeiro garantir que as crianças desenvolvam e melhorem competências, capacidades e espírito empreendedor. Este projecto piloto foi apresentado ao Ministério de Educação sendo em 2009 dinamizado nas escolas que aceitaram este desafio em Portugal e na Estremadura espanhola.

Voluntariado

O Voluntariado Empresarial no Grupo Nabeiro surgiu de uma forma natural, fruto do contágio da forma como o Comendador Rui Nabeiro tem encarado o seu negócio, sempre atento às necessidades da comunidade e dos mais carenciados. Assim, em Março de 2000 formou-se o projecto “Um Coração Chamado Delta”.
O grupo de voluntários tem vindo a crescer sendo actualmente constituído por 35 elementos e tem como missão "promover a humanização, a boa vontade e a paz, por meio de ajudas a iniciativas por um mundo melhor, no combate contra a indiferença".
Recentemente, o grupo de voluntariado foi reestruturado, tendo sido criados pequenos núcleos, em função das necessidades da comunidade e das apetências dos voluntários, tendo como base a formação continua.

Intervenção Precoce

O serviço de intervenção precoce apoia crianças até aos 6 anos de idade com problemas de desenvolvimento nas áreas sócio-educativas e terapêuticas. Este serviço foi desenvolvido por uma equipa técnica pluridisciplinar constituída por uma assistente social, uma psicóloga, duas educadoras de infância, uma terapeuta da fala e um terapeuta ocupacional, actuando nos concelhos de Arronches, Monforte e Campo Maior.
Através do serviço de apoio ao desenvolvimento de crianças e jovens foram proporcionadas consultas de avaliação no CADIN a crianças da comunidade com mais de 6 anos.

No ano 2000, um grupo de colaboradores, com base na mensagem de partilha que é transmitida todos os dias pelo Comendador Rui Nabeiro, começaram a fazer recolha de roupas, brinquedos e livros para distribuírem por instituições de crianças em risco. Este grupo deu origem a um grupo de voluntários, designado um Coração chamado Delta.
Com o passar do tempo, este grupo começou a sentir a necessidade de dar forma jurídica ao Grupo de Voluntariado, desta forma, a 31 de Janeiro de 2005 foi constituído o "Coração Delta – Associação de Solidariedade Social"
"Coração Delta – Associação de Solidariedade Social" é uma instituição sem fins lucrativos, que desenvolve actividades no âmbito do:

  • Apoio às crianças
  • Apoio à família
  • Apoio à terceira idade
  • Apoio à integração social e comunitária
  • Assistência humanitária
  • Promoção e protecção da saúde, nomeadamente através da prestação de cuidados de medicina curativa e reabilitação
  • Educação e formação profissional dos cidadãos
  • Apoio à população deficiente

Tempo para dar

Numa Sociedade cada vez mais envelhecida e focalizada no imediato, a população sénior, incapaz de acompanhar as mudanças do dia-a-dia com a mesma rapidez que os jovens, é gradualmente posta de parte e o problema da solidão aprofunda-se diariamente.
Face a esta realidade, e com o objectivo de colmatar esta solidão, a Associação Coração Delta sentiu o dever de encontrar soluções para este problema.
Foi então criado um programa de voluntariado empresarial dentro do Grupo Nabeiro, que envolve actualmente 427 voluntários, distribuídos pelos 20 Departamentos Comerciais da Delta Cafés em Portugal e pelas empresas do Grupo.
O objectivo geral do projecto é: Colmatar a solidão e as necessidades sentidas pelos idosos.

Colmatar a Solidão: Os voluntários com formação em voluntariado, deslocam-se ao domicílio dos idosos sinalizados pelas Instituições parceiras, e disponibilizam horas do seu dia para poder estar com os idosos: fazendo-lhe companhia, ouvindo as suas preocupações, conversando sobre a actualidade ou outros temas de interesse, no fundo, proporcionar um momento de sã convivência, tão apreciada por quem está só.

Ao mesmo tempo os voluntários identificam as necessidades sentidas pelos idosos ao nível das:

  • Das ajudas técnicas: Cadeiras de rodas, cadeiras de banho, camas articuladas, fraldas.
  • Dos cuidados de saúde: Consulta de oftalmologia, Estomatologia, Otorrino, Podólogo entre outros.
  • Da reabilitação das habitações: No domicílio dos idosos
  • De roupas: Lençóis, cobertores e roupa de uso pessoal.
Para além do tempo disponibilizado com os idosos, os Voluntários do Tempo para Dar realizam acções de angariação de fundos para colmatar as necessidades sentidas no domicílio dos idosos.

Desde o arranque do Tempo para Dar foram realizadas variadíssimas acções, destacando-se a Caminhada Solidária em Évora, a 29 de Setembro de 2012, onde participaram 1200 pessoas, e que permitiu a entrega de 24 telemóveis seniores a idosos isolados do Alentejo.

A distribuição de cerca de 1700 cabazes de Natal por idosos desfavorecidos de norte a sul de Portugal no final de 2012.

A Caminhada Solidária na Figueira da Foz a 1 de Junho de 2013, que colocou a caminhar mais de 2000 mil pessoas e onde foram angariados mais de 6000 euros.

Neste momento, está a realizar-se um espectáculo solidário em Beja, que visa a entrega de 50 telefones de teleassistência, a idosos isolados daquele concelho.

No mês de Novembro, realizamos um espectáculo semelhante em Évora, com o mesmo objectivo.

No natal realizamos a grande campanha de 2013. Entregámos mais de 2000 cabazes de Natal aos idosos carenciados de Portugal.

Fábrica dos Sonhos

Porque um sorriso vale tudo, a Delta Q e a Sonae Sierra conceberam durante o período do Natal de 2009 uma parceria para criar a Fábrica dos Sonhos. Este projecto teve como principal objectivo divulgar e apoiar a Terra dos Sonhos, uma organização não-lucrativa que aposta na melhoria da qualidade de vida das crianças com doenças crónicas, através da concretização dos seus sonhos que parecem à primeira vista impossíveis de realizar.
A acção decorreu no CascaiShopping e NorteShopping ao longo de mês e meio, e conseguiu reunir donativos para a realização de sonhos de 7 crianças, sonhos estes, que foram realizados com a oferta de uma viagem à Disney em Paris.

Novas Oportunidades

O Grupo Nabeiro/Delta Cafés e o Instituto do Emprego e Formação Profissional (I.E.F.P.) assinaram recentemente um protocolo no âmbito da Iniciativa Novas Oportunidades, que se tem vindo a assumir como suporte fundamental às exigências de desenvolvimento das economias baseadas no conhecimento.
Esta aposta governamental tem vindo a exigir a mobilização alargada da Sociedade portuguesa, contando com a especial participação das Instituições responsáveis pela formação e educação de jovens e de adultos e ainda com a das empresas, que se assumem como parceiros activos e estratégicos na dinamização das respostas formativas e contribuem para ajustar a formação às necessidades do mercado de trabalho e, por esta via, facilitar a integração profissional dos jovens qualificados.
Assim, este Protocolo visa, essencialmente, a dinamização conjunta de cursos de aprendizagem, na óptica do reforço e diversificação das ofertas formativas de dupla certificação de nível secundário, desenvolvidas em regime de alternância, com vista à elevação dos níveis de qualificação dos jovens antes da sua integração no mercado de trabalho. Concretamente, e dando resposta às necessidades mais prementes do mercado de trabalho da Região, estão previstos cursos nas áreas de Electricidade e Energia (Frio e Climatização) e Metalurgia e Metalomecânica, entre 2008 e 2011, destinados não só a colaboradores mas também a toda a Comunidade envolvente.

Inserção de Reclusos

A Delta Cafés realizou um protocolo com o Estabelecimento Prisional de Lisboa para a implementação de uma oficina de reparação de máquinas de café, moinhos e máquinas de loiça para a restauração. Desta forma foi administrada formação, com o objectivo de promover a reinserção social dos reclusos no mercado de trabalho. Os serviços prestados são remunerados pela Delta Cafés, com o objectivo de melhorar a sua auto-estima criando competências para um futuro mais próximo.

Para informações sobre o desempenho do sistema de gestão da “Novadelta- Comércio e Industria de Cafés, SA” contactar: sustentabilidade.novadelta@delta-cafes.pt

a carregar...
a carregar...